Chegou a época de gripes e resfriados nos pequenos

Postado por:
VANESSA FREITAS
Em: sexta-feira, junho 30, 2017 | 0 Comments
| 0

Com a chegada das baixas temperaturas, em consequência do inverno, é muito comum que adultos e, principalmente crianças, fiquem mais propensas a ter crises e resfriados. Muitas vezes essa baixa de temperatura atinge os pequenos e um dos sintomas mais recorrentes é a febre.

Os modos tradicionais de se medir a febre e ainda podem ser um incômodo para as crianças. E foi pensando nisso, que a NUK desenvolveu o Termômetro Digital com Infravermelho 2 em 1, que mede a temperatura por meio do ouvido e da têmpora, com resultados alcançados em cerca de quatro segundos. O termômetro mede a temperatura auricular e frontal, e ainda pode ser utilizado na medição de temperatura do ambiente e de superfícies, como por exemplo, de alimentos ou até da água do banho. Com design arrojado e funcional, o termômetro inclui bateria de lítio e base de apoio e os valores medidos são indicados pelo LED de controle. A indicação de febre é feita por meio da luz vermelha, e a luz verde indica temperatura normal.

Dr. Nuk ainda explica sobre as causas e tratamentos deste problema que assusta os pais

Com a ajuda do Dr. Nuk (Dr. Marco Aurélio Safadi – CRM 54792), podemos esclarecer alguns mitos e verdades sobre a gripe e o resfriado.

Qual é a diferença entre gripe e resfriado?
A gripe e os resfriados são infecções comuns do sistema respiratório. Apesar de as pessoas as confundirem, chamando um resfriado de gripe ou uma gripe leve de resfriado, existem diferenças fundamentais entre essas duas infecções:

– A gripe é uma infecção do sistema respiratório, altamente contagiosa, causada unicamente pelo vírus “influenza”, potencialmente grave e que pode provocar epidemias. Apesar de ser uma doença, na maioria das pessoas, benigna e auto-limitada, podem ocorrer complicações, como por exemplo, as pneumonias, podendo provocar até a morte, especialmente em determinados grupos, como os idosos, as crianças pequenas e nos portadores de doenças crônicas (como asma, diabetes, doenças cardiovasculares, pulmonares, etc.).

Os sintomas da gripe incluem:
Febre (38oc a 40oc) de início abrupto com duração de pelo menos dois ou três dias, calafrios, dores musculares, cansaço, mal estar, falta de apetite, tosse, dor de garganta e de cabeça, ocasionando sensação de intensa fraqueza.

– O resfriado comum é uma infecção que acomete as vias aéreas superiores, causada por diferentes vírus sendo os rinovírus os mais freqüentes.

Os resfriados têm início progressivo, seus sintomas são normalmente mais brandos e de curta duração, raramente observa-se febre, acometem mais o nariz e a garganta e se caracterizam principalmente por: coriza, congestão nasal, espirros, dor de garganta e tosse.

Os resfriados podem ocorrer várias vezes no ano, causados por diferentes vírus. Já a gripe geralmente ocorre uma vez por ano, durante o período de circulação do vírus influenza.

Qual a maneira mais eficaz de se prevenir da gripe?
A melhor maneira de se prevenir da gripe é através das vacinas. As vacinas são fabricadas com pedaços dos vírus mortos. Portanto, não podem causar gripe. A exemplo do que ocorre com outras vacinas, a doença pode ocorrer mesmo em pessoas vacinadas; porém, nestes casos, a gripe é mais leve e com recuperação mais rápida do que em não-vacinados. Devemos nos lembrar também que para gerar proteção, são necessários pelo menos 15 dias após a vacinação para que tenhamos anticorpos protetores. Além disso, a vacina da gripe não oferece nenhuma proteção contra doenças causadas por outros vírus, que não o vírus influenza.

Quem deve receber a vacina da gripe?
O Ministério da Saúde recomenda a vacina de gripe anualmente para: idosos (mais de 60 anos), crianças de 6 meses a 5 anos de idade; crianças com mais de 6 meses e adultos de qualquer idade que façam parte dos chamados grupos de risco (portadores de asma e de outras doenças pulmonares crônicas, doenças cardíacas, doenças metabólicas, como o diabetes mellitus, pessoas com comprometimento da imunidade e pessoas que façam uso crônico de ácido acetil salicílico), gestantes e puérperas.

Bebês com menos de 6 meses podem receber a vacina?
A vacina não pode ser feita em crianças menores de 6 meses de idade; assim, a melhor maneira de protegê-las é através da vacinação dos seus familiares e das pessoas que tenham contato com estas crianças. A melhor época para fazer a vacina é no início do outono, antes do início da temporada de gripe.

Mitos e crenças:
Existem muitos mitos e crendices populares em relação à gripe e seu tratamento. Importante salientar que os estudos científicos não conseguiram demonstrar que o uso de vitamina C ou o consumo de chás como os de hortelã e menta diminuam as complicações da gripe.

Andar descalço, beber gelado ou tomar banho quente e sair no tempo frio, são situações que podem desencadear rinite e outras manifestações respiratórias, principalmente em pessoas alérgicas, não estando, entretanto, relacionados à gripe propriamente dita.

Sobre a NUK (www.nuk.com.br)
Presente no mercado desde 1956, a NUK ajuda a promover o crescimento saudável dos bebês com produtos seguros, simples e que estimulem seu desenvolvimento.A combinação da expertise médica da NUK e o conhecimento das mamães, maiores especialistas no assunto, faz com que os produtos sejam cuidadosamente projetados para estimular o desenvolvimento do bebê, com produtos inovadores, de fácil uso e excelente qualidade para auxiliar e beneficiar mães e bebês.

Acesse: www.nuk.com.br

0 comentários :

Postar um comentário

A vida é um eco!
Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo...

Obrigada pela visita deixe seu link para que eu possa retribuir!
Comentários sempre são bem vindos!
Se gostou do post, por favor, clique e compartilhe.

 

Layout: Minima blogger | Personalizado por: ✿ blog Vanessa Freitas
Copyright © 2014/2017 - É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.